quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

A preparar prendas de natal

    Este ano ainda não fiz a minha árvore de natal. Mas tenho andado a preparar presentes! Já se sabe que continuo desempregada e como preciso de fazer sempre alguma coisa porque não consigo estar parada, resolvi fazer pinturas, porta canetas, pisa-papés, pegas para tachos em crochet, gorros, brincos artesanais... enfim, várias coisas para oferecer. Estar parada é um convite à depressão e nessa não gosto nem de pensar. E não me faltam ideias sobre o que fazer! No verão comprei um conjunto de aguarelas que adoro e não consigo parar de pintar. Ter um conjunto de cores bem bonitas foi o empurrão que me faltava para pintar.


     Cá em casa somos três com a mesma paixão por tudo o que é material de artes e por isso não nos falta nada. A minha casa parece uma loja de matrial de artes e manualidades! Há caixas e gavetas com papeis especiais, tintas acrilicas e aguarelas, lápis de cor e aquareláveis, canetas de bicos de vários tamanhos, tinta da china... ás vezes já nem sei bem o que tenho. Depois são as agulhas de crochet e tricot, as caixas com lã, o armário dos tecidos, a gaveta das linhas de tricot, a caixa das linhas de costura, os moldes, os cortadores, o material de bijuteria....... o mini berbequim, o pirogravador, a pistola de cola quente, a serra electrica... uf, já não sei onde guardar tanta coisa. É por isso que não tenho desculpa quando chega a hora de pôr a mão na massa :D

     Nas ultimas semanas também tenho dado continuidade a um outro projeto: a lã. Há uns meses pedi á minha tia que me guardasse um pouco de lã de uma das suas ovelhas, para eu aprender a fiar. Neste momento já a tenho toda cardada e quase toda fiada! Aposto que a minha tia nunca pensou que eu fosse capaz de levar isto até ao fim, mas eu sou persistente. Cardar é uma chatice e demora uma eternidade! Fiar é bom quando se aprende finalmente. Ainda não sou nenhuma expert, mas o fim de uma meia hora consegui começar a fiar sozinha e depois é só manter o ritmo e aprender a regular a tensão. Claro que o fio tem estado a ficar cheio de partes fininhas e outras supergrossas, mas faz parte do processo de aprendizagem :) É bom fiar, mas ao fim de uma hora, quando nos levantamos apercebemo-nos que os nossos musculos das pernas estiveram a apreciar o exercicio físico! :D Pedi ao Jaime que me tirasse umas fotos do processo mas ainda não as tenho comigo, logo que as tenha, mostro. Fiquei tão entusiasmada que daqui por uns meses na altura da tosquia vou querer mais lã :) 

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial